Chat GPT pode auxiliar ou atrapalhar os estudos?

Descubra como o ChatGPT revoluciona o aprendizado: respostas instantâneas e soluções em IA para educação!

Inovação e Tecnologia
30/12/2023
Por: Conteúdo Santillana Educacão
Compartilhar:
Pai mostrando para o filho informação no notebook.

Se você ainda não usou, pelo menos já ouviu falar sobre o ChatGPT, a ferramenta que utiliza inteligência artificial e é capaz de resolver cálculos, escrever textos e responder inúmeras questões sobre qualquer assunto.

​​​De acordo com o banco suíço UBS, somente em janeiro de 2023, o ChatGPT atingiu 100 milhões de usuários ativos mensais. Isso acontece porque, de fato, a funcionalidade é democrática, gratuita e de fácil acesso. Desta maneira, pode ser utilizada por qualquer pessoa que tenha acesso à internet.

Pensando assim, essa nova tecnologia está sendo uma grande aliada para a sociedade como um todo e não seria diferente no campo da educação.

Em sala de aula, os professores podem utilizar o ChatGPT para pesquisar sobre um assunto específico e pedir sugestões de atividades, por exemplo. Se você quiser saber como essa inteligência pode ser utilizada 100% pelos docentes, ​​clique aqui e leia o texto que publicamos.

Já quando falamos nos alunos, a ferramenta deve ser utilizada com cautela e sob supervisão, como qualquer outro instrumento tecnológico. Com isso, dê uma olhada nas nossas dicas sobre o uso do ChatGPT nos estudos:

  • Sabemos que os estudantes podem utilizar a inteligência artificial para realizar pesquisas e ter acesso a informações de maneira rápida. Porém, é necessário atentar-se aos seguintes aspectos: 
  • O ChatGPT não substitui o estudo dedicado e a busca ativa por conhecimento. Ele, basicamente, fornece informações gerais sobre o que foi questionado. Desta maneira, é importante que o aluno se dedique a realizar uma pesquisa ampla sobre o assunto estudado para que consiga adquirir mais conhecimento sobre a temática.
  • A ferramenta continua em desenvolvimento, desta forma, seu grau de maturidade é baixo e pode conter erros em seu conteúdo. Com isso, é necessário checar se a informação fornecida é 100% verdadeira.  
  • Apesar de ser extremamente útil, é necessário que crianças e adolescentes não fiquem totalmente dependentes desta tecnologia e saibam utilizar outros meios de pesquisa.  
  • Utilizar o ChatGPT como uma ferramenta de consulta é benéfico, mas a partir do momento em que ele barra a criatividade de cada indivíduo passa a ser prejudicial. Ou seja, é necessário atentar-se ao plágio e verificar se trabalhos e atividades não foram 100% retirados do robô virtual. Sendo, literalmente, um copia e cola.

Utilizar a tecnologia na educação é primordial para que os alunos se transformem em cidadãos digitais e preparados para um mundo cada vez mais tecnológico. Porém, como vimos anteriormente, o cuidado e a supervisão devem andar atrelados a essa ferramenta. Para isso, é necessário preparar os docentes e inseri-los em um processo de formação continuada que permita refletir sobre o uso dos recursos digitais em suas aulas e como eles podem ajudar ou atrapalhar no desenvolvimento da classe. Outro ponto considerável é comunicar aos pais e responsáveis sobre o uso do ChatGPT e como ele deve ser utilizado pelas crianças e adolescentes.

Com toda a comunidade escolar habituada à ferramenta, o uso da inteligência artificial promove aos estudantes:

  • Autonomia para aprender e buscar informações; 
  • Desenvolvimento das habilidades de análise e síntese; 
  • Contato com a tecnologia; 
  • Assistência personalizada para alunos com dificuldades sobre algum tema; 
  • Fonte de inspiração.

Ficou interessado e quer saber mais sobre esse assunto tão atual? Acesse o nosso blog e confira os materiais que liberamos sobre a temática do ChatGPT.