Educação Antirracista e Cultura Afro-brasileira na escola

Conheça iniciativas que ajudam a levar a discussão para dentro da sala de aula.

Sustentabilidade
15/12/2023
Por: Conteúdo Santillana Educacão
Compartilhar:

A Fundação Santillana lançou em 2022 uma iniciativa de Educação Antirracista com o objetivo de contribuir com o debate e difusão do tema em escolas de todo o Brasil. No mesmo ano, Nilma Lino Gomes, ex-ministra das Mulheres e Igualdade Racial e professora emérita da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), se tornou Consultora para Políticas Antirracistas da Fundação.

Por meio da parceria, foi lançado o Podcast Educação e Relações Étnico-Raciais, que já está em sua 3ª temporada em 2024. O objetivo da iniciativa é abordar a necessidade de uma educação democrática e que lute para combater as desigualdades étnicas e raciais na sociedade. Na primeira temporada, contamos com a participação de referências no assunto, como a própria Nilma, a Profa. Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva e outras pessoas negras que atuam em escolas, projetos sociais e muito mais.

Os sistemas educativos devem cumprir a lei em seu compromisso contra o racismo. Ser antirracista é assumir uma postura pessoal e pública de combate ao racismo onde e quando ele se manifestar, independentemente de sermos negros, brancos ou de qualquer outro pertencimento étnico-racial.” – Nilma Lino Gomes

Diante da evidente necessidade de avançar com o tema, a Fundação segue investindo em conteúdo de educação antirracista para contribuir com as escolas. Nas demais temporadas do Podcast, convidamos professores de todo o Brasil para contarem suas experiências e como estão abordando o tema dentro da sala de aula. Confira o conteúdo e se torne um educador antirracista!